Resenha – O Alquimista

Resenha – O Alquimista

Livro O Alquimista do autor Paulo Coelho

O Alquimista é um livro difícil de classificar.

Ao mesmo tempo em que pode assumir uma dezena de rótulos, não é definido de forma satisfatória por nenhum. Namora a auto-ajuda, flerta com o religioso e nos brinda com uma história simples, bela e direta.
É um pouco de tudo e diferente de tudo. E, justamente por esta universalidade e exceção, é que deve ser lido.

No mais famoso título de Paulo Coelho, somos apresentados a uma diferente busca ao tesouro. Ao invés de mapas, sonhos. Ao invés de perigos, lições. No lugar do mar, deserto. E não há sede ou fome por aqui, mas muito conhecimento.

Nas pouco mais de 200 páginas da obra, viajamos com o protagonista Santiago da Espanha até o Egito e assumimos o papel de leitor-aluno. Ao descobrir a Linguagem Universal, conversamos com ovelhas, vento, sol. E aprendemos a ler nos sinais o caminho mais curto para a verdadeira felicidade.

“O Alquimista” é bem escrito e vai direto ao ponto, como se o autor se importasse pouco com o local ou personagens e muito com o conteúdo imerso em suas linhas.

Rápido, intenso e fomentador de reflexões, mostra que o maior tesouro não o objetivo final em si, mas o caminho percorrido até ele, que nos ensina, teste e, enfim, recompensa.

É, por fim, um livro que deve ser lido mais de uma vez. Afinal, a vida e o mundo têm muito a nos ensinar, e muitas conclusões diferentes podem ser obtidas dessas lições.

Não deixe de ouvir o LivroCast 023, sobre o livro “O Alquimista”

LivroCast 023 - O Alquimista, livro de Paulo Coelho

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios