LivroCast 066 (6) – O Exorcista e Exorcismo

LivroCast 066 (6) – O Exorcista e Exorcismo

o exorcista exorcismo william peter blatty romance terror suspense historia real demonio possessao bem mau religiao fe topo:: É recomendado o uso de fones para se ouvir este episódio ::

Sejam todos muito bem-vindos ao LivroCast de número sessenta e seis. No podcast de hoje, Marcelo Zaniolo (@celo_zaniolo), Raquel Moritz (@mooritz), Domenica Mendes (@domenica_mendes), Andrei Fernandes (@Andreizilla) e Jean Milezzi (@jeanmilezzi) se reunem para falar de terror! Sobre o clássico da literatura e do cinema "O Exorcista", de William Peter Blatty, e de "Exorcismo", livro do suposto caso real que inspirou a ficção.

No LivroCast 066 (6): Quem são os autores, qual o suposto caso real, o que foi aproveitado na ficção, do que se tratam as obras, opiniões, fé, ciência e muito mais.

Tratamento e Decupagem dos Áudios: Luís Beber.

Edição e Revisão: Marcelo Zaniolo.

Tempo de Duração: 95 minutos.

Seja um Patrão do LivroCast

Compre o Livro Comentado no Episódio de Hoje

Como concorrer a um exemplar de "Exorcismo" + uma bag Ouija Darkside Books

Comentados no Programa 

Trilha Sonora do Episódio:

  • Trilha oficial do filme "O Exorcista"

Críticas, Sugestões e Dúvidas

  • E-mail: livrocast@lokotopia.com.br
  • Twitter: @LivroCast

LivroCast no Facebook:

Outros Links:

Informações Sobre o Episódio

Aperte o play no topo da página para ouvir o LivroCast ou clique com o botão direito em download e escolha a opção “Salvar Destino Como” para baixá-lo em seu computador.

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios
  • Jean Milezzi

    Grande Marcelo, um prazer participar do cast, ainda mais sobre uma obra que eu gosto tanto. Muito obrigado pelo convite, cara, espero ter contribuído positivamente. Sou fã do Livrocast, parabéns a todos por esse belo trabalho.

    Abraço

    • LivroCast

      O que é isso, seu Jean! O prazer da sua presença foi todo nosso. E tenho certeza de que essa foi apenas a sua primeira aparição por aqui. Obrigado por tudo e por nos acompanhar. Grande abraço! o/

  • Gabriel Effgen

    Esse Cast deveria ter sido publicado numa sexta feira 13 XD

    • LivroCast

      Devia! Haha… Mas já que passamos batidos pela última sexta-feira 13, pelo menos conseguimos manter ele no número 066 (6)! Haha… Grande abraço, amigo! Espero que tenha curtido o episódio! o/

  • Augusto Ganzert

    Não li nenhum desses livros. Gostaria de comentar um pouco das continuações do clássico primeiro filme d’O Exorcista.
    No mau sentido – Exorcista 2: O Herege, lançado quatro anos após o clássico absoluto de William Friedkin, pode-se dizer que o erro principal foi a heresia em tentar continuar uma obra-prima, criando uma imensa expectativa e frustrando a todos. Há muitas situações desnecessárias nessa continuação. Também há grandes falhas nas questões técnicas como os efeitos especiais risíveis. Foi um merecido fracasso. Nem o Demônio merecia isso…
    O mediano O Exorcista III, é uma espécie de thriller policial mais voltado para as ações de um serial killer. Com grande destaque para cena de terror no hospital. Quinze anos após o exorcismo da garota possuída pelo demônio, Georgetown é assolada por uma série de macabros assassinatos. O detetive Kinderman investiga e pouco a pouco descobre os fatos que ligam os crimes a um perigoso assassino, executado no mesmo dia do exorcismo. E a identidade assassino é a grande revelação do filme.
    Exorcista – O Início. Esse quarto filme tem um roteiro interessante e com vários pontos positivos, onde destaco a memorável e chocante sequência de introdução! O desfecho também é bastante intenso, com o violento confronto entre Merrin e Pazuzu, e que apesar de previsível (é fácil saber o resultado quando se pensa nos eventos posteriores vistos no original de William Friedkin), houve bastante coragem e ousadia dos realizadores na definição do destino de personagens importantes, procurando fugir do convencional.
    Obrigado pela atenção.

    • LivroCast

      Grande Augusto, tudo certo? Pelo que vejo és cinéfilo, correto? Hehe… Muito obrigado por seu comentário, ele é sempre bem-vindo. Quanto aos filmes, só vi o primeiro e “original”, por motivos óbvios. Sou meio avesso ao tema terror e não me saio muito bem com filmes do gênero! Haha… Pelo que sei, e isso pode ser interessante compartilhar, o 2o filme (O Herege) foi inédito. Uma continuação criada para o cinema, no caso. Enquanto o 3o filme baseado no segundo livro do autor William Peter Blatty. Talvez por isso você, e muitos, considerem o 3o filme melhor que o 2o! Haha… Até porque ele foi criado pela mente do mesmo responsável. Grande abraço e muito obrigado por sempre nos ouvir! o/

  • Luca Nolasco

    Eu não consegui entrar na página do “quero participar” da promoção. Sabem se o problema é só no meu dispositivo?

    • LivroCast

      Bom dia, amigo! Você tentou pelo celular? Pra participar você, infelizmente, tem que acessar por um computador. Não me pergunte o motivo! Hehe… Desculpe o contratempo. Se ainda assim não resolver, por favor me avise. Grande abraço e boa sorte! o/

  • Vitor Sandrini de Assis

    Fala, galera do livrocast!

    Gostei bastante do episódio. Adoro filmes e livros de terror e gosto muito do filme d´ O Exorcista. Normalmente, evito assistir filmes quando sei da existência do livro. Prefiro construir a minha imagem do cenário e depois ver a construção dela no cinema e comparar (até por isso costumo não gostar muito de boa parte do filmes baseados em obras literárias – e também por eles serem normalmente muito mais rasos). Portanto, depois que vejo o filme, costumo ficar com a cara dos personagens e a imagem dos cenários na cabeça quando vou ler, e acho isso bastante incômodo. Assim, evito ler os livros de filmes que já vi. E era o que eu tinha quanto ao livro O Exorcista. Até este cast, que realmente me motivou a enveredar pelo livro. Já está na lista. Fiquei muito curioso sobre o conteúdo dele. Já li O Espírito do Mal sem saber se tratar de uma continuação e gostei bastante dele. O final foi surpreendente e por muito tempo pensei que desenvolver um livro na mesma vibe desse, que é a de um policial que fica filosofando o tempo todo e que tem os crimes apenas como ponto de partida de suas elucubrações sobre a vida.

    Quanto à crença em possessões e exorcismos, como sou psicólogo, enveredo muito pelos estudos das sugestionabilidade, como discutido no cast e tento a crer que as coisas vão mais pra esse caminho. Mesmo sendo um cético e descrente do sobrenatural, sei que não tenho explicação para tudo e que “há mais coisas entre o céu e a terra que supõe nossa vã filosofia”, por isso me restrinjo a opinar sobre o que conheço, e a paranormalidade certamente não é minha área de estudos.

    No mais, excelente cast e gostaria de mais episódios com temas assim. Os convidados ajudaram bastante na qualidade das discussões também.

    Grande abraço.

    • Jean Milezzi

      Oi Vitor, que bom que você gostou do cast. Também gosto muito de temas assim, sou fã do gênero. Assim como você, quando assisto o filme antes, acabo lendo o livro com os atores e locações do filme na cabeça (não consigo me livrar da imagem do Anthony Hopkins como Van Helsing no Drácula, por exemplo haha).

      Recomendo muito o livro O exorcista, acredito que você vai gostar e acho muito interessante a tua opinião como psicólogo. Muitos dos fenômenos podem ser explicados por distúrbios e traumas no cérebro, como a capacidade de falar línguas aparentemente desconhecidas. Também o poder da sugestão é realmente muito forte, tanto que no livro, vendo-se sem saída para o diagnóstico da menina, o médico sugere que um exorcismo encenado talvez resolva o problema, pois ela acreditará que está sendo curada.

      Outro dado muito interessante que eu esqueci de mencionar no cast é a ligação entre proporção de casos de possessão na idade média com as regiões onde era comum o uso de metais tóxicos como utensílios domésticos. Olha quanta gente pode ter ido para a fogueira apenas por estar doente. Infelizmente não saberei citar a fonte dessa informação, pois me foi dita por um professor em aula há muito tempo.

      Como falei na gravação, apesar de todas as explicações científicas que podem ser dadas, a existência ou não deste fenômeno é o tipo de dúvida que eu prefiro manter hahaha. Obrigado pelo seu comentário, Vitor.

      Já falei para o Marcelo que o cast tá cada vez melhor e eu voto pra ter uma sessão LivroCast das trevas ahuahau.

      Abraço a todos.

      • Vitor Sandrini de Assis

        Concordo plenamente com a questão da sugestionabilidade e adorei essa saída nada moralista que o livro deu para a situação: deixa em aberta a questão e você que se convença do que bem quiser.
        E muito bom o seu adendo à questão trazendo essa informação dos materiais tóxicos! Faz muito sentido.
        E por favor façam esse livrocast from hell! kkkk

    • LivroCast

      Fala, seu VItor Assis, tudo certo? Cara, compactuo com você. Evito ver filmes de livros que li (pra não estragar os livros) e evito ler livros de filmes que vi (pra evitar de ler o livro com a imagem dos personagens na mente! Haha). Certo, não é SEMPRE. Às vezes dou o braço a torcer. E, no caso desse livro, deu muito certo. Não sei se você já o comprou ou leu, mas te convido novamente a fazê-lo. Será uma leitura densa e forte, tenho certeza disso. E conto com certa esperança de que você vai gostar, ainda mais por ser psicólogo! Hehe… Deve ter muita coisa relativa a tua área dentro desse livro, acredito. No mais, pode deixar que voltaremos a falar do tema terror por aqui. E continuamos buscando sempre convidados que tenham a agregar, fico feliz que tenhas gostado. Obrigado por comentar e ouvir, amigo! Um grande abraço! o/

  • Artur

    Conheci o livrocast essa semana e tá me fazendo um bem danado escutar todos os podcasts. Depois de todos os podcasts que ouvi tive vontade de vir aqui comentar pra agradecer, mas deu preguiça. Esse episódio, contudo, me deu o estímulo perfeito, esse grito do satanás dessa menina que apareceu do nada!!! Puta merda, tava me dirigindo, quase me cago todo, quase bato o carro, sou muito medroso!!! Vim aqui só desejar a morte de quem botou esse grito.
    De resto eu só tenho de parabenizar todo mundo pelo livrocast, sempre maravilhoso! Tô estudando pra concursos e tá sendo um dos poucos momentos de lazer que to tendo, tá me fazendo um bem danado!

    • LivroCast

      AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! Você realmente não faz ideia domo como estou rindo com o seu comentário, Artur. Peço profundas desculpas pela edição (e pelo grito). Minha intenção não era te assustar e, muito menos, quase causar acidentes de trânsito. Tomarei mais cuidado nas próximas vezes. Sobre seu comentário em si, como é bom saber que você está gostando dos nossos episódios. Mesmo! E obrigado por comentar. Espero continuar te vendo por aqui, e te desejo toda a sorte (e competência) do mundo no seus concursos. Um abraço! E boas leituras! o/