Julgando Pela Capa – Os Crimes do Mosaico

Julgando Pela Capa – Os Crimes do Mosaico

Hoje, o Julgando Pela Capa irá falar sobre o livro Os Crimes do Mosaico, do autor Giulio Leoni.

Vamos à sinopse:

“Numa noite de 1300, aos pés de um gigantesco mosaico inacabado, um homem é assassinado de maneira pavorosa.

Cabe a Dante Alighieri, há poucas horas nomeado prior de Florença, a tarefa de desvendar o crime, penetrando na realidade obscura e perigosa que se esconde por baixo do mundo iluminado da capital da arte e da cultura. Uma tarefa complexa, dificultada por falsos indícios e questões às quais parece ser impossível responder.

Quem é Antilha, a dançarina fascinante que esconde por trás dos véus os traços de sua antiga nobreza? O que querem os homens do Papa? O que atraiu para Florença os sábios do assim chamado Terceiro Céu?

Até então o poeta nunca havia se ocupado de crimes. Mas já começara a esboçar sobre o pergaminho os versos da Divina Comédia, o maior tratado de criminologia de todos os tempos. E à sua inteligência aguda une-se um temperamento pouco inclinado à paciência. Ai de quem ousar interpor-se entre ele e a verdade, mesmo que seja um enviado de Bonifácio, o papa a caminho do poder absoluto.”

Expectativa: Quem nunca ouviu falar do famoso Dante Alighieri, tido como o maior poeta italiano? E quem não se interessaria em ler um livro dotado de tamanho mistério cujo protagonista é, nada mais nada menos, o autor da Divina Comédia? Confesso ser este o motivo determinante para que eu me interessasse pela obra.

Segredos exigem respostas, então espero razões contundentes para as questão que certamente virão à tona. Do mesmo modo, sei que encontrarei mais um desdobramento da fórmula criada por Dan Brown em O Código da Vinci, mas imagino um enredo que suplante o comum e agrade.

Já que hoje é sexta-feira, deixo esse livro como sugestão para o fim de semana. E já na próxima quarta prometo publicar uma resenha para falar melhor sobre o que achei.

Alguém me segue nessa “aventura”?

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios