Julgando Pela Capa – Maestria

Julgando Pela Capa – Maestria

No Julgando Pela Capa de hoje falaremos do livro Maestria, de Robert Greene.

Vamos à sinopse:

maestria, robert greene, julgando pela capa, sinopse

Clique para Ampliar

“Além de serem considerados mestres no que faziam, o que Mozart, Leonardo da Vinci e Thomas Edison têm em comum? Como foi que alcançaram a excelência? Que escolhas fizeram com que se destacassem tanto de seus contemporâneos?

Após realizar um grande estudo de várias personalidades fascinantes e bem-sucedidas – entre políticos, estrategistas, artistas, cientistas e inventores –, Robert Greene percebeu que todas essas pessoas, independentemente de sua área, da cultura a que pertenciam ou do momento histórico, seguiram um padrão similar em suas conquistas. E concluiu que o caminho para a maestria pode ser percorrido por qualquer um de nós.

Neste livro, Greene examina pesquisas recentes sobre cognição e criatividade, e derruba os mitos da sorte e da genialidade inata, propondo uma maneira radical de examinar a inteligência humana. Ele explica o que é necessário para uma pessoa comum se tornar um mestre: a capacidade de se dedicar totalmente a um tema de seu interesse, a insistência em um aprendizado contínuo e focado, a liberdade criativa adquirida com o domínio da habilidade e a coragem de ser diferente e enfrentar desafios.

Se outras obras descreveram o que acontece com o cérebro depois de 10 mil horas de estudo e prática, Maestria revela o que sucede depois de 20 mil horas – o ápice atingido por Einstein, Darwin e por nove mestres contemporâneos entrevistados para este livro. O potencial para alcançar a maestria é intrínseco à espécie humana e resulta de milhões de anos de evolução. Aprenda quais são as três fases decisivas para a sua preparação, identifique sua verdadeira vocação, libere a paixão dentro de você e torne-se também um mestre”.

Expectativas: Quem nunca quis ser um “mestre”? Quem nunca quis ser o melhor em algo? Bom, posso responder por mim e dizer que sempre quis fazer bem alguma coisa. O que melhor, então, do que aprender a ser bem sucedido com quem é bem sucedido?

Confesso que nunca fui muito fã de livros do gênero ou de biografias em si, mas se devemos nos espelhar e aprender com alguém é justamente com essas pessoas. Portanto, espero que esse livro realmente possa ajudar o leitor a se tornar um mestre, além de ser dono de uma leitura simples e prazerosa.

Vamos ler?

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios