Julgando Pela Capa – Laranja Mecânica

Julgando Pela Capa – Laranja Mecânica

O Julgando Pela Capa de hoje irá falar de um clássico não só da literatura, mas também dos cinemas. Hoje falaremos do livro Laranja Mecânica, de Anthony Burgess, título que deu origem ao filme homônimo.

Vamos à sinopse:

laranja mecanica, capa, anthony burgess, livro, sinopse, expectativa, classico, filme, julgando pela capa, stanley kubrick

Clique para Ampliar

“Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma reposta igualmente agressiva de um governo totalitário. A estranha linguagem utilizada por Alex – soberbamente engendrada pelo autor – empresta uma dimensão quase lírica ao texto.

Ao lado de ‘1984’, de George Orwell, e ‘Admirável Mundo Novo’, de Aldous Huxley, ‘Laranja Mecânica’ é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século XX. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick, é uma obra marcante.

Depois da sua leitura, você jamais será o mesmo”.

Expectativa: Lembro de ter assistido a adaptação deste título ainda muito jovem, lá pelos meus 14 ou 15 anos, e confesso não lembrar de quase nada do enredo. Na verdade, a única coisa que recordo era do filme ser um clássico, o que me fez ficar ainda mais surpreso quando descobri que havia um livro por trás do longa-metragem.

Minha expectativa, portanto, é a de ler um livro único e ainda hoje atual, desvendar a linguagem proposta pelo autor e, por fim, não ser mais o mesmo ao final da leitura, como promete a sinopse.

Vamos ler?

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios