Julgando Pela Capa – A Filha do Sangue

Julgando Pela Capa – A Filha do Sangue

O Julgando Pela Capa de hoje irá falar do livro A Filha do Sangue, de Anne Bishop.

Vamos à sinopse:

a filha do sangue, anne bishop, livro, julgando pela capa, autora, fantasia

Clique para Ampliar

“O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida.

Quem a controlar terá domínio sobre o mundo.

Três homens poderosos, inimigos viscerais – sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor.

E cujo preço pode ser terrível e inimaginável”.

Expectativa: Apesar de não ser de couro como aparenta ser na imagem acima, a capa é muito bonita e realmente salta aos olhos. Deixa claro se tratar de um título de fantasia e, mais do que isso, sobre bruxaria.

Não à toa, a obra parece tentar recriar a aura de um livro de magias.

Outro fator que me chamou a atenção, agora na sinopse, foram os nomes dos três homens que tentarão influenciar a “nova Rainha”. Todos eles (Saetan, Lucivar e Daemon) tem nomes brincam com o tema inferno (Satã, Lúcifer e Demônio), o que me deixou em muito curioso.

Será este um título apenas sobre bruxos maus?

Vamos ler!

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios